Jan 12 / Natália Gandolphi

Relatório Semanal de Café - 2024 01 12

🠔 Voltar para página principal do blog
  • O clima na Colômbia melhorou de maneira desigual, com algumas regiões relatando condições favoráveis em áreas de cultivo de café. O clima mais seco previsto pode ajudar na colheita da safra principal, mas atenção é necessária para a mitaca.

  • Em resposta à queda na produção em 22/23, a Colômbia reduziu os volumes de exportação, resultando em estoques iniciais mais altos para o ciclo 23/24. Consequentemente, é esperado que os diferenciais colombianos enfrentem pressão devido aos níveis de estoque/uso até setembro.

  • Em conclusão, embora se beneficie da melhora das condições climáticas em regiões específicas, a Colômbia enfrenta uma paisagem multifacetada com padrões climáticos variáveis e desafios nas exportações.

  • O aumento esperado na produção em 23/24 apenas compensa marginalmente os déficits recentes, dependendo dos estoques para uma maior disponibilidade e potencial impacto nos diferenciais.

Café Colombiano: Navegando pelo Clima e Exportações

O clima melhorou na Colômbia, mas não de maneira uniforme. Enquanto algumas regiões relatam índices favoráveis de vegetação, precipitação e temperaturas adequadas, essa tendência não abrange todas as áreas de cultivo de café (Figuras 1 e 2).

Além disso, o clima mais seco esperado nos próximos dias pode ajudar na colheita da safra principal, mas atenção é necessária para a mitaca.

Adicionalmente, o país reduziu os volumes de exportação além do necessário para acomodar a redução na produção em 22/23, com produtores à margem, relutantes em vender aos níveis de preços locais ao longo de todo o ciclo. Consequentemente, o país inicia o ciclo 23/24 com estoques iniciais mais altos.

Figura 1: Anomalia de Precipitação (04 a 11 de janeiro, % do normal)
Figura 2: Anomalia NDVI (03 a 08 de janeiro)

Fonte: USDA

Fonte: USDA

Em conjunto, a produção ligeiramente maior, já observada nos primeiros meses do ciclo, também contribui para o aumento da disponibilidade.

A situação sugere que os diferenciais colombianos permanecerão sob pressão devido aos níveis de estoque/utilização esperados para o ciclo 23/24, que se estende até setembro.

Figura 3: Balanço de Oferta e Demanda - Colômbia ('000 sacas)

Fonte: hEDGEpoint

Ainda que tenha uma recuperação na disponibilidade, a exportação de café solúvel não tem acompanhado essa tendência.

De acordo com os dados mais recentes divulgados pela FNC (novembro de 2023), as exportações colombianas de café solúvel apresentaram uma tendência de queda.

Em 2023, o país registrou exportações de 537 mil sacos, marcando uma redução de 17% em comparação com o mesmo período de 2022 (644 mil sacos) - uma tendência que foi observada apesar do volume total de exportações mais alto em novembro, em comparação com o mesmo período do ano anterior.

Enquanto a Colômbia lida com condições climáticas desiguais que afetam diferentes regiões cafeicultoras, o setor agrícola enfrenta desafios para mitigar o impacto nas colheitas.

A postura firme ao iniciar o ciclo 23/24 reflete uma abordagem proativa para lidar com a dinâmica em evolução da produção e exportação. No entanto, a tendência decrescente nas exportações de café solúvel adiciona uma camada de complexidade, destacando a necessidade de estratégias para enfrentar as demandas do mercado.

Figura 4: Exportações Mensais - Colômbia ('000 sacas)
Figura 5: Exportações de Café Solúvel - Colômbia (60kg scs)

Fonte: FNCC

Fonte: FNCC

Em resumo

Em conclusão, embora a Colômbia se beneficie das condições climáticas melhoradas em algumas regiões, a indústria do café está navegando por uma paisagem complexa. Os desafios impostos por padrões climáticos variáveis e dinâmicas de exportação sugerem que, embora o aumento na produção esperado para 23/24 contribua apenas ligeiramente para compensar o cenário deficitário observado no país nos últimos anos, os estoques permitirão uma maior disponibilidade - o que, por sua vez, pode exercer pressão sobre os diferenciais.

Relatório Semanal — Café

Escrito por Natália Gandolphi
[email protected]

Revisado por Lívea Coda

[email protected]

www.hedgepointglobal.com

Aviso legal

Este documento foi preparado pela hEDGEpoint Global Markets LLC e suas afiliadas (‘HPGM”) de forma exclusiva para fins informativos e instrutivos, sem a finalidade de instituir obrigações ou compromisso com terceiros, bem como, não pretende promover oferta, ou solicitação de oferta, de venda ou compra relativos a quaisquer valores mobiliários ou produtos de investimento. A HPGM e seus associados se eximem expressamente de qualquer uso das informações aqui contidas, que derivem prejuízos ou danos de forma direta ou indireta de qualquer espécie. Em caso de dúvidas não resolvidas na primeira instância de contato com o cliente ([email protected]), entre em contato com nosso canal interno de ouvidoria ([email protected]) ou 0800-878-8408 (somente para clientes no Brasil).

Para acessar esse relatório, você precisa ser um assinante.