Jan 9 / Alef Dias

Relatório Semanal Grãos, Algodão e Pecuária - 2024 01 09

🠔 Voltar para página principal do blog

Trigo: Safra Americana começa o ano com indicadores baixistas

•O relatório mensal do USDA sobre as condições da safra de trigo de inverno em determinados estados indicou que, globalmente, as condições estão superiores em comparação com o ano anterior, destacando uma notável melhora nas regiões produtoras de trigo duro vermelho de inverno (HRW).

•Contudo, o risco de winterkill para essa safra segue relevante e merece ser acompanhado de perto.

•Nesse momento, o cenário de uma safra de inverno maior permanece para os EUA. A melhora das condições aumenta a chance de rendimentos maiores e um menor abandono de área.

•Com isso, a safra americana segue trazendo fundamentos baixistas para os mercados de trigo, e a melhora das condições no Kansas indica que o spread Kansas vs Chicago deve seguir em torno da média.

Introdução

Já faz alguns anos que os Estados Unidos não têm uma safra de trigo de inverno realmente boa, mas a safra 24/25 começou trazendo esperanças de que esse ano deve ser diferente - e os dados divulgados na última semana pelo USDA seguiram apontando nessa direção.

Relatório mostra boas condições, especialmente pro HRW

O USDA divulgou suas últimas classificações de safra de trigo de inverno da temporada em 27 de novembro, informando que 50% da safra dos EUA estava em condições boas a excelentes, o maior índice para essa época do ano em quatro ciclos.

Durante o inverno, o Serviço Nacional de Estatísticas Agrícolas do USDA divulga relatórios mensais para alguns estados. O governo retoma os relatórios semanais sobre o progresso da safra dos EUA em abril.

No seu relatório mensal de safra, o USDA mostrou que as condições do trigo de inverno melhoraram em dezembro no Kansas, o maior produtor de trigo de inverno dos EUA, pois a seca diminuiu em grande parte das planícies do sul, embora as classificações tenham caído em outros estados, incluindo Montana e Colorado.

O USDA classificou 43% da safra de trigo de inverno do Kansas em condições de boas a excelentes em 31 de dezembro, ante 32% no final de novembro. As classificações do trigo também melhoraram em dezembro em Oklahoma, Texas e Dakota do Sul.

A melhoria das condições refletiu um grande evento de precipitação que encharcou o Kansas de 13 a 15 de dezembro. Temperaturas na faixa de 30 graus (F) significaram chuva congelante em alguns momentos, especialmente no início da tempestade, que também incluiu neve, disse o departamento de agronomia da Universidade Estadual do Kansas em uma atualização no final de dezembro.


Em nível nacional, 30% da safra de trigo de inverno estava em uma área com seca em 26 de dezembro, informou o USDA na semana passada, abaixo dos 32% da semana anterior e uma queda significativa em relação aos 69% do ano anterior. Os agricultores dos estados das planícies cultivam o trigo duro vermelho de inverno (HRW), a maior classe de trigo dos EUA, que é processado para a produção de farinha para pão.

As condições caíram em Illinois, onde os agricultores cultivam trigo vermelho macio de inverno (SRW), usado para fazer biscoitos e salgadinhos. O USDA classificou 55% da safra de Illinois como boa a excelente até 31 de dezembro, abaixo dos 72% registrados no final de novembro.

Fig. 1: Condições Boas e Excelentes Trigo de Inverno (%)

Fonte: USDA, hEDGEpoint ( *calculadas com base nos estados em que as condições foram reportadas)

Fig. 2: Precipitação últimos 60 dias (% do normal – produção de trigo mostrada internamente)

Fonte: World AgWeather

Winterkill preocupa

Como o trigo de inverno permanece em estado de dormência nos próximos meses, a temperatura e a cobertura de neve isolante são as principais características a serem observadas.

No estágio de dormência, o trigo de inverno normalmente não sofre danos com temperaturas de até 0 °F, mas se torna vulnerável a danos quando as temperaturas atingem e permanecem abaixo de -10 °F por um período significativo de tempo (pois isso pode matar o ponto de crescimento submerso, resultando em morte de inverno - winterkill).

Se houver cobertura de neve (acima de 1 polegada ou mais), essas temperaturas frias podem não conseguir penetrar nas qualidades isolantes da neve. A winterkill não é uma ocorrência comum nas regiões de produção de trigo de inverno dos EUA, pois a combinação de temperaturas extremamente baixas e pouca (menos de 1 polegada) ou nenhuma cobertura de neve é um evento raro.

Todavia, esse ano muitas regiões estão com uma cobertura de neve mais fina do que o normal, aumentando as chances de winterkill, enquanto as previsões climáticas apontam para um clima mais frio.

Fig. 3:Profundidade Neve - EUA

Fonte: NOAA

Conclusão

Fig. 4: Anomalia de temperatura – Próximos 15 dias (ºC do normal)

Fonte: NOAA, hEDGEpoint

O relatório mensal com as condições de safra do trigo de inverno para alguns estados selecionados mostrou que, no geral, as condições seguem melhores do que o ano passado, com trouxe uma melhora considerável das condições nas regiões produtoras do HRW. Contudo, o risco de winterkill para essa safra segue relevante e merece ser acompanhado de perto.

Nesse momento, o cenário de uma safra de inverno maior permanece para os EUA. A melhora das condições aumenta a chance de rendimentos maiores e um menor abandono de área, o que deve compensar a menor área plantada. Neste último ponto, o USDA trará dados relevantes na próxima sexta-feira, quando divulgará – junto com o WASDE – as primeiras estimativas oficiais de área plantada para a safra 24/25.

Com isso, a safra americana segue trazendo fundamentos baixistas para os mercados de trigo, e a melhora das condições no Kansas indica que o spread Kansas vs Chicago deve seguir em torno da média.

Fig. 5: Produção de trigo de inverno e hectares colhidos (Bi bu; M ac)

Fonte: USDA, Refinitiv, hEDGEpoint *Previsão de área cultivada da Refinitiv

Fig. 6: Spread Trigo Kansas vs Chicago (USDc/Bu)

Fonte: Refinitiv

Report Semanal — Grãos e Oleaginosas

Escrito por Alef Dias
[email protected]

Revisado por Pedro Schicchi
[email protected]

www.hedgepointglobal.com

Aviso legal

Este documento foi preparado pela hEDGEpoint Global Markets LLC e suas afiliadas (‘HPGM”) de forma exclusiva para fins informativos e instrutivos, sem a finalidade de instituir obrigações ou compromisso com terceiros, bem como, não pretende promover oferta, ou solicitação de oferta, de venda ou compra relativos a quaisquer valores mobiliários ou produtos de investimento. A HPGM e seus associados se eximem expressamente de qualquer uso das informações aqui contidas, que derivem prejuízos ou danos de forma direta ou indireta de qualquer espécie. Em caso de dúvidas não resolvidas na primeira instância de contato com o cliente ([email protected]), entre em contato com nosso canal interno de ouvidoria ([email protected]) ou 0800-878-8408 (somente para clientes no Brasil).

Para acessar esse relatório, você precisa ser um assinante.